15, 16 e 17 de Novembro

 

Em 2018 coincidem dois acontecimentos de especial relevância para a discussão sobre a ciência e a tecnologia na região: por uma parte, comemoram-se os cem anos dos movimentos universitários que desembocaram no Manifesto de Córdoba e cinquenta anos dos movimentos sociais de 1968. Por outra, a UNESCO convoca à III Conferencia Regional de Educação Superior (CRES 2018). Nesse contexto, convocamos o Encontro Regional “Os novos conhecimentos emancipatórios do Sul: repensando o centenário da Reforma de Córdoba e o cinquentenário de maio de 68”, que ocorrerá nos dias 15, 16 e 17 de novembro de 2017. A convocatória é aberta a todos os interessados em participar e aportar à construção dessa agenda, seja desde a perspectiva acadêmica, seja dos movimentos sociais e políticos. Poderá participar enviando seu artigo segundo as normas de publicação. O primeiro passo é preencher o formuário.

 

Acesse o formulário

 

Antecedentes

A ciência e a tecnologia se converteram em fatores principais para o novo padrão de desenvolvimento intensivo em conhecimento. Esse novo padrão supõem oportunidades e desafios para os países latino-americanos. Por um lado, se abre a possibilidade de recuperar e produzir conhecimentos para impulsar formas alternativas de bem-estar e convivência; por outro, a tendência à concentração de conhecimentos introduz novas desigualdades e uma brecha cognitiva cada vez maior entre os que podem aceder e dispor das inovações e os que não.

Em 2018 coincidem dois acontecimentos de especial relevância para a discussão sobre a ciência e a tecnologia na região: por uma parte, comemoram-se os cem anos dos movimentos universitários que desembocaram no Manifesto de Córdoba e cinquenta anos dos movimentos sociais de 1968. Por outra, a UNESCO convoca à III Conferencia Regional de Educação Superior (CRES 2018). Nesse contexto, convocamos o Encontro Regional “Os novos conhecimentos emancipatórios do Sul: repensando o centenário da Reforma de Córdoba e o cinquentenário de maio de 68”, que ocorrerá nos dias 15, 16 e 17 de novembro de 2017.

O Encontro será um espaço de debate e troca de experiências e conhecimentos sobre o que acontece na ciência e na tecnologia na região e o que se projeta como agenda de transformação para América Latina e Caribe, como região potencia do conhecimento.

Linhas temáticas

Os artigos enviados serão considerados pelos editores convidados como um insumo para as discussões do evento e a construção da agenda programática. Depois da avaliação por pares, os melhores artigos serão publicados com o aval da UNESCO. Para a apresentação de artigos, se propõem as seguintes linhas temáticas:

 

  1. A crise civilizatória e o papel do conhecimento/informação no contexto mundial: a tragédia dos comuns e dos anti-comuns na produção científica, tecnológica e inovação produtiva.
  2. Insustentabilidade do sistema tecnoprodutivo global. O papel estratégico da CTI para superá-lo e os desafios para a América Latina (escala economias plurais, primário-exportador, secundário-importador, etc.).
  3. Autonomia universitária e conhecimento ha 100 anos de Córdoba: que ciência, que tecnologia e que inovação para um novo contrato social mundial pelos conhecimentos emancipatórios?
  4. A geopolítica do conhecimento vista desde o sul: dependência cognitiva, tecnológica e epistemológica. Da importação de estilos de pensamento à fuga de cérebros. 
  5. Novas formas de gestão do conhecimento e a propriedade intelectual para o aprofundamento da democracia.

Enfoque

O propósito da convocatória é difundir e trocar evidências empíricas e teóricas inovadoras sobre a ciência e tecnologia que se desenvolvem na região, com interesse social e orientação prospectiva para subverter o dependentismo cognitivo e tecnológico. Nesse sentido, serão aceitos artigos que se enfoquem principalmente nos seguintes aspectos:

  1. Inovações metodológicas na medição de avanços na ciência e tecnologia na região.
  2. Estudos de caso de estratégias para a construção de capacidades em ciência e tecnologia.
  3. A integração da ciência e tecnologia e seus efeitos na produtividade da região.
  4. A posição das economias regionais nas cadeias sócio-globais de conhecimento.
  5. A função da ciência, da tecnologia e da inovação na nova geopolítica global.
  6. Proposta e análise de políticas públicas no campo da ciência, da tecnologia e da inovação.
  7. Tecnologias sociais e produtivas para a sustentabilidade mundial.

Dia e lugar

De 15 a 17 de novembro  de 2017 em Quito, Equador.

Datas importantes

  • Envio do resumo: até 22 de setembro.
  • Notificação de aceitação do resumo: até 29 de setembro.
  • Envio do artigo completo: até 29 de outubro.
  • Publicação do programa final: 3 de novembro.
  • Publicação das memórias do congresso: janeiro de 2018.

Para mais informação:
obcties-sur@ciespal.org

Organizadores

  • UNESCO – III Conferencia Regional de Educación Superior
  • Red Interinstitucional de Ciencia, Tecnología, Innovación y Educación Superior del Sur Global (Red CTIES-Sur)
  • Universidad de Guayaquil
  • Cátedra Unesco-Ciespal de Libertad de Expresión y Sociedades del Conocimiento
  • Observatorio de Ciencia, Tecnología, Innovación y Educación Superior del Sur Global (Observasur)
  • Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO)
  • Núcleo de Estudos Estratégicos em Democracia, Desenvolvimento e Sustentabilidade (NEEDDS-UFABC, Brasil)
  • Centro de Estudios del Desarrollo (CENDES-UCV)

Fórum Virtual de Participação

Os organizadores do Encontro Regional “Os novos conhecimentos emancipatórios do Sul: repensando o centenário da Reforma de Córdoba e o cinquentenário de maio de 68” convidam a participar dos espaços virtuais organizados pelo Instituto Internacional da UNESCO para Educação Superior na América Latina e Caribe (IESALC), em colaboração com a Universidade Nacional de Córdoba (UNC), para a III Conferência Regional de Educação Superior (CRES 2018), que ocorrerá em Córdoba, Argentina, de 11 a 15 de junho de 2018.

O público interessado poderá participar em www.cres2018.org ou em http://foros.cres2018.unc.edu.ar/.  Os fóruns virtuais estarão habilitados de 10 de julho a 30 de setembro 2017 para que acadêmicos, estudantes, pesquisadores, consultores e todos os interessados na Educação Superior (ES) se somem às reflexões e análises sobre os sistemas de Educação Superior, Ciência e Tecnologia na América Latina e Caribe. Essa troca de experiências servirá para nutrir os documentos e debates da Conferência de Córdoba e do Encontro Regional “Os novos conhecimentos emancipatórios do Sul: repensando o centenário da Reforma de Córdoba e o cinquentenário de maio de 68”.

A participação é gratuita, requer uma inscrição e tem vagas limitadas. As pessoas interessadas deverão escolher um eixo temático para trocar experiências, ideias e projetos.

Requisitos

Preencher o formulário disponível em www.observasur.org/Cordoba100  até 22 de setembro. Enviar, por essa mesma via, um resumo de até 500 palavras para avaliação e seleção preliminar.

Os resumos selecionados serão notificados por correio eletrônico antes de 29 de setembro e os artigos definitivos deverão ser enviados ao correio obcties-sur@ciespal.org até 29 de outubro, de acordo com as instruções disponíveis nas normas de publicação.

Os autores serão convocados a participar das mesas em Quito entre os dias 15 e 17 de novembro de 2017.

Os artigos selecionados serão publicados em um documento de memórias do Encontro.  

Normas de publicação

É muito importante que os autores revisem e ajustem seus manuscritos às Normas de Publicação.

Lista de comprovação para a preparação do envio de artigos

Como parte do processo de envio, os autores/as estão obrigados a comprovar que seu envio cumpra todos os elementos que se mostrem a seguir. Serão devolvidos aos autores os artigos que não cumpram com essas diretrizes.

  1. O texto enviado NÃO TENHA SIDO PUBLICADO previamente nem tenha sido submetido a consideração a outra publicação.
  2. O arquivo de envio está em formato Open Office ou Microsoft Word.
  3. O texto está de acordo com requisitos estilísticos e bibliográficos resumidos nas Normas de Publicação.
  4. Sempre que possível, proporcionar as direções URL para as referências.

Aviso de direitos de autor/a

  • Os autores/as conservarão plenos direitos de autor sobre sua obra e outorgarão uma licença gratuita não exclusiva com fins de difusão acadêmica e científica durante o tempo de vigência dos direitos a favor de Observasur. As publicações do Encontro serão realizadas com Licença de Acesso Aberto sem Fins de Lucro.
  • Os autores/as poderão adotar outros acordos de licença não exclusiva de distribuição da versão da obra publicada (p. ex.: depositar em um arquivo telemático institucional ou publicar em um volume monográfico) sempre que se indique a publicação inicial. 

Declaração de privacidade

Os nomes e as direções de correio eletrônico introduzidos no formulário serão usados exclusivamente para os fins estabelecidos e não serão dados a terceiros ou utilizados com outros fins.

Elementos a incluir
Os textos devem conter os seguintes elementos:

  • Título em espanhol, português e inglês. Será permitido um numero máximo de 15 palavras para os títulos.
  • Resumo em espanhol, português e inglês de até 120 palavras.
  • Palavras-chave em espanhol, português e inglês de entre 4 e 6 palavras. As palavras devem estar separadas por ponto e vírgula (;). Recomenda-se não usar palavras incluídas no título principal.
  • Texto completo em espanhol, português ou inglês.

Estrutura

A seguinte informação é indicativa dos componentes de deverão ter os manuscritos no seu corpo principal. Isso não implica que necessariamente devam chamar-se dessa mesma forma ao longo do texto.
Sugere-se que os artigos propostos tenham a seguinte estrutura:

  • Introdução
  • Marco teórico
  • Metodologia
  • Discussão
  • Resultados
  • Conclusões
  • Referências bibliográficas

A extensão dos artigos deve ser entre 6000 e 6500 palavras. 

A bibliografia deverá estar organizada em ordem alfabética a partir do sobrenome do autor.

Ao final do artigo deverá estar uma seção com todas as publicações referenciadas ao longo do texto.

Bibliografia

As tabelas e gráficos devem ser enviados em formato editável.

Todos esses recursos gráficos devem ser incorporados ao lugar exato onde se pretende encontrá-los no artigo. Entretanto, recomenda-se  enfaticamente que as imagens ou fotografias sejam anexadas em sua máxima resolução possível como arquivo complementar no momento de envio.

Os termos, abreviaturas e símbolos utilizados nas figuras devem ser os mesmos que aparecem no texto. Não utilizar caracteres, ou símbolos pouco frequentes. Os símbolos e caracteres devem ser claros e de tamanho suficiente, de maneira que, ao reduzi-los para publicação, sejam legíveis.

Devem ser incluídas no corpo do texto e devem ser ordenadas com numeração arábica em sua parte superior (Ex.: Tabela 1, Quadro 1, Figura 1, etc.); na parte inferior deverá conter informações sobre fonte e elaboração (ou Nota, caso necessário). Esses dados devem ser indicados de maneira clara.

Tabelas, gráficos e imagens

As palavras que se encontrem escritas em idiomas diferentes ao utilizado no corpo do artigo deverão estar em letra cursiva.

Os pés de página somente serão utilizados para realizar comentários ou ampliar a informação, não serão utilizados para referências bibliográficas. A tipografia será Arial 10, entrelinhado simples e justificado.

As referencias a outras publicações ou fontes, sejam elas feitas por meio de citações diretas, paráfrases ou comentários, deverão ser indicados no corpo do texto, entre parêntesis, seguindo as indicações da American Psychological Association, APA, 6ta. Edição.

O corpo do texto deverá usar a tipografia Times New Roman 12, com espaço de 1 ½ pts. entre as linhas, e alinhamento justificado. As margens da página devem ser de 2,5 cm a cada lado e o tamanho da folha A4.

logo - UGlogo cres 2018Logo-CLACSO-50 2logo - CENDESLOGO_NEEDSLogo_UNGS_curvas con alpha

 

redes sociales

Inicio










CONTÁCTOS:

Av. Diego de Almagro N32-133 y Andrade Marín - Quito, Ecuador. Telfs: (593 2) 254 8011 Fax: (593 2)250 2487 obctiessur@ciespal.org